Skip to main content

A Amazônia é conhecida pela sua rica diversidade de fauna e flora. Ela também impressiona por ser a maior floresta tropical do mundo, com mais de 6 milhões de quilômetros quadrados. Contudo, esse não é o único recorde da região reconhecido pelo Livro dos Recordes

O território tem outros registros curiosos no Guinness Book. Quer descobrir quais são eles? A FM Onda Digital apresenta neste artigo 5 vezes em que a Amazônia aparece no World Guinness

- Publicidade -

Gráfica Xpress

Confira!

1. O pássaro da amazônia que está Livro dos Recordes

O araponga-da-Amazônia é um pássaro pequeno, com cerca de 30 centímetros da cauda até o bico. Apesar do seu tamanho, a ave tem um canto poderoso, que durante a época do acasalamento pode chegar a 123 decibéis (dB), podendo ser ouvido a mais de 1 km de distância.

Para se ter uma ideia, um motosserra tem em média um nível de ruído de 100 dB, e uma turbina de avião de 110 dB a 140 dB. 

O som emitido por esse pássaro é tão alto que o fez ganhar, em 2019, uma posição no Livro dos Recordes. A explicação para isso está no seu sistema vocal, que é mais desenvolvido que os demais da sua espécie.
Os estudos que mediram o poderoso canto do araponga-da-Amazônia foram publicados na revista Current Biology, em 21 de outubro de 2019. A pesquisa envolveu o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e a Universidade de Massachusetts Amherst.

2. A maior concentração de tribos isoladas

De acordo com a Survival Internacional, existem mais de 100 tribos isoladas no mundo. 

A estimativa é que mais da metade dessas tribos esteja na Amazônia, na região entre Peru e Brasil. Esses povos são comumente ameaçados por madeireiros ilegais, garimpeiros e fazendeiros.

Além disso, a simples interação com a civilização é de grande risco para eles. Um eventual contato com um homem branco pode causar a transmissão de vírus para os quais os indígenas não têm imunidade natural.

Em 2010, o Livro dos Recordes reconheceu a região amazônica como o lugar de maior concentração de tribos isoladas.

3. Maior floresta tropical do mundo

A floresta Amazônica é tão grande em extensão que, além de seguir por toda a bacia do rio Amazonas, suas partes estão divididas entre 9 países da América do Sul. A área total dessas partes equivale a 18 vezes o território da Alemanha ou 12 vezes o da França.

Com mais de 6.500.000 quilômetros quadrados, ela está no Livros dos Recordes como a maior floresta tropical do planeta, sendo pelo menos três vezes maior que a segunda colocada, a floresta do Congo.

Dentro do território nacional, a Amazônia brasileira engloba 9 estados: Amazonas, Acre, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins, Maranhão e Mato Grosso.

4. A maior bacia hidrográfica 

A maior bacia hidrográfica do planeta, de acordo com o Livro dos Recordes, é a do rio Amazonas. Com mais de 7.000.000 quilômetros quadrados, a bacia tem incontáveis afluentes, sendo o rio Madeira um dos principais deles.

Além disso, o rio Amazonas também está no Livro dos Recordes como o rio com maior fluxo de deságua para o oceano. Em média, são 200.000 metros cúbicos de água por segundo, o suficiente para encher 4800 piscinas olímpicas a cada minuto.

5. Maior espécie de golfinho de água-doce

Apesar de ser regionalmente conhecido como boto-cor-de-rosa, o inia geoffrensis pertence à família dos golfinhos. Em termos de classificação biológica, não há diferenças entre botos e golfinhos. O nome “boto” é apenas uma variação linguística. 

O boto-cor-de-rosa, além de ser famoso pela coloração rosada e pelas lendas locais, pode chegar na fase adulta a 2,5 metros de comprimento e pesar mais de 150 kg.

Por este motivo, o Livro dos Recordes garantiu a ele a posição de maior espécie de golfinho de água doce.
Outras espécies de golfinhos de água doce são o boto-da-Bolívia (Inia boliviensis), o boto-do-araguaia (Inia araguaiaensis) e o tucuxi (sotalia fluviatilis).

Quais desses fatos você já sabia que estava no Livro dos Recordes? Quais deles você achou mais interessante? Deixe seu comentário! Confira também nossos outros artigos. Leia também: 5 Belos Pontos Turísticos da Região Norte para Você Conhecer.

Deixe um Comentário